sabemos que esse é um assunto delicado e muito importante. e é por isso que sim, nós precisamos falar sobre violência doméstica. não é algo que acontece há pouco tempo, mas na pandemia, uma em cada quatro mulheres foi vítima de algum tipo de violência no brasil, segundo uma pesquisa do data folha encomendada pelo fórum brasileiro de segurança pública.

via GIPHY

então, são mais de 13 milhões de mulheres brasileiras que sofrem agressões por parentes, companheiros ou ex-companheiros íntimos. entre as formas de violência sofridas, são essas:

violência física: entendida como qualquer conduta que ofenda a integridade ou saúde corporal da mulher.

violência psicológica: é considerada qualquer conduta que cause dano emocional e diminuição da autoestima, prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento da mulher ou vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões.

violência sexual: trata-se de qualquer conduta que constranja a presenciar, a manter ou a participar de relação sexual não desejada mediante intimidação, ameaça, coação ou uso da força.

violência patrimonial: entendida como qualquer conduta que configure retenção, subtração, destruição parcial ou total de seus objetos, instrumentos de trabalho, documentos pessoais, bens, valores e direitos ou recursos econômicos, incluindo os destinados a satisfazer suas necessidades.

violência moral: é considerada qualquer conduta que configure calúnia, difamação ou injúria.

por isso, caso vc seja vítima ou presencie alguma situação de violência contra a mulher, denuncie!

disque 180 > central de atendimento à mulher
disque 190 > central de emergência da polícia militar

lembrando que hospitais e UBS também devem prestar acolhimento às vítimas de violência doméstica ou familiar, bem como as delegacias. não vamos nos calar!

via GIPHY

 

Comentários estão fechados.