Hoje nós usamos “b-side” como sinônimo pra bandas e músicas alternativas, cool e experimentais. O que muita gente não sabe é que a origem dessa expressão vem do vinil. Na época em que os singles eram lançados via LP, o “a-side” continha o hit, e o “b-side” geralmente uma música mais experimental e menos comercial.

Mas e se essa lógica se invertesse? Lembramos de músicas que foram lançadas como “b-side” e que também foram hits:

1. “How Soon Is Now”, The Smiths

“Please, Please Let Me Get What I Want” e “How Soon Is Now” estão com certeza entre as músicas mais conhecidas dos britânicos do The Smiths. Acontece que AMBOS os sons foram lançados como B-Side do single “William, It Was Really Nothing”. Quem é essa música na fila do pão perto desses MEGA hits?

2. “We Will Rock”, Queen

Procura-se música mais reproduzida quando o assunto é rock do que “We Will Rock”, do Queen. E se não tiver caixa de som, vai na palma da mão mesmo…

Agora imagina se essa música tivesse caído no esquecimento? O hit HISTÓRICO do Queen é um b-side de “We Are The Champions”. Parabéns, Queen, por quebrar tudo ao acertar duas pedradas em um single só 🙂

3. “You Can’t Always Get What You Want”, The Rolling Stones

Se a música pra cantar junto dos Beatles é “Hey Jude”, a dos Stones é sem sombra de dúvida “You Can’t Always Get What You Want”. Não é a toa que na tour que os britânicos fizeram no Brasil esse ano, o público cantou em coro esse som quando ele foi tocado. E foi lindo demais!

O que você não sabia é que a música é o outro lado de “Honky Tonk Woman”. A gente ama as duas, mas temos que confessar que “You Can’t Always Get What You Want” larga na frente por conseguir unir pessoas como poucas canções conseguem.

4. “She’s Lost Control”, Joy Division

Música oficial da hora de dar alok, “She’s Lost Control” também joga no time das “b-sides”. A sombria “Atmosphere” fica por conta do lado A do single. Obrigado por essa dupla, Joy Division <3

5. “Suffragette City”, David Bowie

É difícil acreditar que uma das melhores músicas do glam rock foi lançada como um b-side de “Starman”, em 1972. Não satisfeito David Bowie lançou “Suffragette City” DE NOVO, como lado b do single “Young Americans”, em 1975.

Finalmente, em 1976, a faixa teve seu momento de fama como single da compilação Chanesonebowie. Mais do que merecido, né?

6. “I Am The Walrus”, The Beatles

“Hello Goodbye” até pode ser uma música legal, mas “I Am The Walrus” é ainda mais incrível. A b-side é uma mistura de três letras de John Lennon e não faz sentido algum. Com certeza, uma das músicas mais legais da era psicodélica dos Beatles.

7. “Half The World Away”, Oasis

Em 1994, o Oasis lançou um single com “Whatever” como a-side e “Half The World Away” como b-side. Adivinhem só qual fez mais sucesso? Pois é. Até hoje o pessoal canta em coro o som acústico, que ficou ainda mais conhecido depois de virar tema da série de TV britânica The Royle Family.

O Oasis é TÃO fã de b-sides que lançou um álbum chamado “The Masterplan” que uniu 14 delas. Inclusive, rola uma versão de “I Am The Walrus”, dos Beatles, nesse disco. É incrível:

Comentários estão fechados.