Aceita que dói menos: é muito difícil fazer música completamente inédita em 2015. Imagina que quando você nem era nascido, milhares e milhares de sons já tinham sido criados. Então, por mais que a gente fique SUPERansioso pra nova canção da Sia, no fundo dos nossos <3, pode ser que a gente já tenha ouvido algo bem parecido antes.

Todo esse enrolation pra dizer que: ter influências não é ruim. Até parece que você nunca morreu de vontade de comprar uma roupa porque viu uma amiga vestindo? Não tem problema nenhum em se inspirar no look alheio, o problema mora em copiar o amiguinho e não contar! Daí começa a discussão de quem comprou primeiro, se imitou ou não…

Na música não é diferente: as acusações de plágio rolam soltas. Cópia ou inspiração? Aqui vai uma lista de músicas que se parecem muito uma com a outra:

1. Last Nite (The Strokes) x American Girl (Tom Petty and The Heartbreakers)

Em 2001, o Strokes explodiu com “Last Nite”. O sucesso foi tanto que com só um single os caras já tavam sendo chamados de “salvadores do rock”. Acontece que teve crítico que achou agulha nesse palheiro: os riffs inicias da música se parecem muito com os de American Girl, do Tom Petty.

Depois de muito pressionados, eles revelaram que roubaram mesmo os acordes inciais da música. O bom é que o dono dos riffs não se importou muito e chegou até a rir da situação, dizendo que não viu maldade na cópia.

2. Bitter Sweet Symphony (The Verve) x The Last Time (The Rolling Stones)

A famosa abertura de “Bitter Sweet Symphony” foi ~pega emprestada~ da versão orquestrada de “The Last Time”, dos Stones. Depois de ouvir a música, os advogados dos Stones entraram com um processo e ganharam a causa: agora toda a vez que a música mais famosa do The Verve toca, os direitos autorais vão todos pra Mick Jagger e Keith Richards, por mais que a letra da música não seja deles. Já não tavam ricos o suficiente?

3. Creep (Radiohead) x The Air That I Breathe (The Hollies)

Quem diria: o hino indie-deprê-90’s não é tão Radiohead assim. Albert Hammond, autor da música do Hollies, percebeu a coincidência e entrou em contato com Thom Yorke. A parceria acabou sem barraco: o nome dele é creditado nas músicas, e parte dos lucros também vão pro papi de Albert Hammond Jr., do Strokes.

4. Bitch Better Have My Money (Rihanna) x “Betta Have My Money” (Just Britanny)

Uma semana depois de lançar “Bitch Better Have My Money”, Rihanna foi acusada de ter plagiado trechos de uma música de Just Britanny. As músicas, além de terem nomes praticamente iguais, também têm batidas parecidas. A de Britanny saiu nove meses antes do que a da diva de Barbados. Rihanna ainda não falou sobre o assunto.

5. Roar (Katy Perry) x Brave (Sara Bareilles)

Em maio de 2013, Katy Perry twittou que tinha amado “Brave”, da Sara Bareilles. Três meses depois lançou o single “Roar” que, além de se parecer muito com a música elogiada no Twitter, também tinha um clipe com a mesma ideia usada no vídeo Messages, do Dj Dillon Francis. Como nenhum dos dois eram desconhecidos, pegou BEM mal pra Katy.

6. Blurred Lines (Robin Thicke) x Got To Give It Up (Marvin Gaye)

Robin Thicke ficou 10 semanas consecutivas no topo da Billboard com “Blurred Lines” até que alguém percebeu que a música tinha algo em comum com “Got To Give It Up”, do Marvin Gaye. Resultado: os filhos do músico entraram com um processo contra a EMI. O caso ainda tá na justiça, mas parece que os herdeiros do cara vão ganhar uma boa grana pela ~similaridade~ monstra entre as duas músicas.

7. Some Nights (Fun) x Cecilia (Simon & Garfunkel)

Você provavelmente conhece Some Nights, do Fun. A música que toca direto na nossa soundtrack foi acusada de ser cópia de Cecilia, do Simon & Garfunkel. Ninguém quis brigar na justiça, mas óbvio que a imprensa encheu o saco dos caras do Fun pra saber se imitaram ou não. Eles negam responder sobre o assunto. Suspeito, não?

8. Soldier In The City (Aloe Blacc) x O Caminho do Bem (Tim Maia)

Os músicos que fizeram “O Caminho do Bem”, super famosa na voz de Tim Maia, estão entrando com um processo contra a música “Soldier In The City”, de Aloe Blacc. As músicas realmente são MUITO parecidas. Tem gente tentando desconversar dizendo que americano não conhece Tim Maia. O fato é que o cara é conhecido mundialmente e a música está na trilha de “Cidade de Deus”, filme brasileiro que gringo ama ver.


Curtiu essa vibe de quem copiou quem? Tem muita coincidência por aí e gente disposta a fazer as comparações. Se quiser continuar a pesquisa, aqui vai um site bem legal onde dá pra passar horas só fazendo isso: http://www.soundsjustlike.com/.

Comentários estão fechados.