Sabe quando aquela sensação de se enfiar numa cidade, descobrir um lugarzinho especial e levá-lo pra sempre na memória, ou na lista de coisas a fazer no final de semana?

Pois o Lucas Neumann saca bem desse sentimento e criou o Mapa Daqui – um projeto que permite que as pessoas imprimam um guia para ser colado na rua e ali compartilharem dicas do que há de bom, de gostoso, lindo e/ou divertido na vizinhança.

A photo posted by Eduardo Blanco (@dublanco) on

 

O designer de produtos é um dos personagens da nossa campanha e topou compartilhar com a gente o mapa cool da cidade onde ele nasceu. Quem é de Sampa ou vai pra lá pode curtir um pouco do que o Mapa Daqui do Lucas tem pra apontar. Tudo por ele mesmo. 😉 Não perde.  

 

1. Lanches Estadão

(Viaduto 9 de Julho, 193)

“Aberto 24 horas e com comidas incríveis e baratas, é parada obrigatória depois de qualquer saída no centro da cidade à noite.” 

Viaduto-9-de-Julho,-193

Via: Facebook  

 

2. Qualquer boteco de esquina – SP

(Em qualquer esquina! :D)

“Em vez de ficar escolhendo por horas e horas o lugar ideal pra sair com os amigos, muitas vezes acabo indo direto no bar de esquina mais próximo. O que importa é a cadeirinha na calçada, cerveja gelada e conversa boa com gente querida por perto.”  

 

3. Karaoke Belas Artes – SP

(Rua da Consolação, 2390)

“Bem em frente ao famoso cinema com mesmo nome, do outro lado da Rua, fica um dos lugares que eu acabo sempre caindo com meus amigos. Um bar sem compromisso nem decoração nenhuma, onde gente de todo tipo vai pra cantar: executivos saindo do trabalho estressante, jovens fazendo um pré-balada, senhorzinhos saudosos das músicas da sua época, e por aí vai.” 

A photo posted by lucasneumann (@lucasneumann) on

 

4. Auditório Ibirapuera – SP (Parque do Ibirapuera)

“Um dos meus lugares mais queridos na cidade. Sempre surge um evento gratuito e incrível para curtir sentado na grama e admirando o skyline da cidade ao longe. Ali já assisti desde filmes antigos como Nosferatu, com trilha sonora ao vivo, e shows como Criolo e Gilberto Gil.”

ibira

Via: Auditório Ibirapuera

 

5. Av. Paulista de domingo – SP

(Av. Paulista mesmo, uai!)

“Uma das coisas mais bonitas que aconteceu nos últimos tempos em São Paulo. Incrível ver as pessoas usando o espaço que durante a semana é dominado pelo tráfego e stress, para se divertir e relaxar: bicicletas, patins, skates, bandas, manifestações de todos os tipos.” 

 

A photo posted by lucasneumann (@lucasneumann) on

 

 

6. Museu de Arte de São Paulo – SP

(Av. Paulista, 1578)

“O MASP acabou de reestabelecer sua expografia original idealizada pela arquiteta Lina Bo Bardi. Quando entrei na exposição, fiquei arrepiado. Lina fez um museu sem paredes e colocou os quadros (que vão do séc XV ao XXI) em cavaletes de vidro, dispostos no meio do espaço. Na releitura atual, os quadros seguem ordem cronológica e é possível ver o desdobramento da história da arte ao caminhar pelo museu. É incrível poder analisar a parte de trás das obras, coisa que nunca vi em nenhum museu no mundo.”

 

masp

Via: Masp 

 

7. Café Beluga – SP

(R. Dr. Cesário Mota Jr., 379)

“Um pequeno café inaugurado por jovens na Santa Cecília, atual bairro focal da ressignificação no centro da cidade. Um ambiente bom para conversas mais íntimas, ou fazer um pouco de trabalho remoto, com grande cuidado na seleção dos ingredientes, preparo e serviço do café.”

bike

Via: Facebook 

Comentários estão fechados.