Ufa! 2016 é oficialmente so last year. Passou como um furacão e nos deixou um SUPER presente de Natal: The OA.

Na mesma vibe de Stranger Things e Westworld, a nova série da Netflix também habita o território da ficção científica, porém, não é esse o único ponto em comum com séries que nós adoramos no ano passado. The OA, assim como Stranger Things, L.O.V.E., Vinyl ou qualquer série que nós citamos neste post aqui – tem uma trilha sonora incrível. Se você ainda não se convenceu que precisa guardar o tempo de 8 episódios nessas férias, para entrar no mundo da OA, continue a nadar, continue a nadar nesse post:

1. Rostam Batmanglij

Pra começar, a série é dirigida pela Brit Marling (que interpreta a OA), em parceria com o Zal Batmanglij (que vem a ser irmão do Rostam Batmanglij). Tá, mas quem é esse cara na fila do pão? Bom, ele é APENAS o ex-tecladista, produtor e fundador da banda de indie rock Vampire Weeknd. Em 2016, infelizmente, ele deu bye bye pro grupo, mas prometeu continuar ajudando os amigos da banda.

Conseguimos entender porque ele saiu de uma banda tão cool: só no período dos últimos 365 dias, o americano produziu pedradas como “Ivy” – do Frank Ocean, e “F.U.B.U” – da Solange, preparou um álbum solo para 2017, integrou o duo Discovery, ao lado do vocalista do Ra Ra Riot, e lançou o disco “I Had A Dream That You Were Mine” – uma parceria com o Hamilton Leithauser, vocalista do The Walkmen.


Ou seja, o Rostam é um MONSTRO quando o assunto é produtividade e adora uma parceria. Logo, ele não iria negar o braço direito para o irmão e deu aquele help em The OA, ficando responsável pela trilha da série. Então, se você se apaixonar pela soundtrack da série, agradeça a esse rostinho adorável estampado na foto acima.

2. Discovery

Uma outra forma de agradecer o Rostam, é conhecer melhor o trabalho dele. O Discovery, duo formado pelo americano e pelo vocalista do Ra Ra Riot, Wesley Miles, tem um disco no currículo: se chama LP e foi lançado em 2009. O single “I Wanna Be Your Boyfriend” tá entre as nossas músicas favoritas do álbum e conta com a participação especial da Angel Deradoorian, vocalista do The Dirty Projectors, mas a música que a gente gostaria MESMO que você ouvisse é “Osaka Loop Line”. O som aparece no sétimo episódio de The OA.

3. Sharon Van Etten

A Sharon Van Etten é uma daquelas cantoras folk que depois que você ouve uma vez, não consegue mais tirar da cabeça. Desde 2014, ela tá no nosso radar e foi nesse ano que ela lançou o arrebatador “Are We There”. Na última música do álbum, “Every  Time The Sun Comes Up”, ela canta “People say I’m a one-hit wonder, but what happens when I have two?” – em português: As pessoas dizem que sou uma artista de um hit só, mas o que acontece quando eu tiver dois?. É, Sharon, você realmente não é uma cantora de um hit só!

Em The OA, ela não apareceu apenas na soundtrack com a belíssima “I Wish I Knew”, mas também interpreta a Rachel e, se ela já era famosa antes, apenas com um single, imagina depois da série…

4. Pearl Jam

“Better Man” colocou o Pearl Jam no hall das bandas que produziram hinos nos anos 1990. O single do clássico “Vitalogy” estrelou a série The Getaway, de 2013, e uma série de filmes. Agora também faz parte da trilha de The OA!

Você pode estar pensando que a música pode ter sido reaproveitada em mais uma soundtrack, mas dessa vez REALMENTE foi diferente. Isto porque “Better Man” ganhou uma vida nova ao ser cantada pelo coral da escola que Steve, Betty, Jesse e Buck estudam. ♥

5. Majical Cloudz

Outro ponto positivo de The OA é a presença da dupla canadense Majical Cloudz. Antes de ser estrela da soundtrack, o duo já havia lançado 4 álbuns e 3 EPs, além de ter colaborado com artistas incríveis como Grimes, The National, The XX e James Black.

Já a parceria deles com The OA rola no episódio 5, em um dos momentos mais marcantes das série. A música “Downtown”, que instaura AQUELE clima de suspense, tem tudo a ver com o momento.

Dá uma olhadinha no clipe, pra ter uma ideia da vibe da música e do episódio. 🙂

6. Beach House

No mesmo clima deprê/suspense, não poderia faltar Beach House. Logo em seguida, no episódio 6, rola uma participação da banda em The OA.

A música escolhida pelo Rostam Batmanglij foi “All Your Yeahs”. Buck é quem protagoniza a cena, cantando a música que deixou o início do episódio inesquecível!

7. Kyle Dixon & Michael Stein

Na introdução desse post, nós falamos brevemente sobre as semelhanças entre The OA e Stranger Things, mas acredite, a trilha sonora ÓTIMA e a ficção científica não são as únicas semelhanças entre as séries. O próprio Netflix postou um vídeo no Facebook comparando momentos das séries:

Tout est lié. #StrangerThings #TheOA

Publicado por Netflix em Segunda, 2 de janeiro de 2017

Como se não bastasse esse vídeo para a gente ter CERTEZA que, sim, o Netflix criou easter eggs de uma série pra outra só pra brincar com a nossa cabeça: aí vai mais uma! No episódio 4 de The OA, a música “Kids”, criada pela dupla Kyle Dixon & Michael Stein, especialmente para a trilha icônica de Stranger Things, toca no episódio. De quebra, na televisão da casa do Jesse é possível ver o Will Byers, protagonista de Stranger Things, na televisão! ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *