2016 chegou tão tumultuado que (quase) não deu tempo de lembrar que estamos em ano de Olimpíadas no Brasil. Os jogos de verão tão logo aí. Dia 5 de agosto rola no Rio de Janeiro a abertura do mega evento, e a gente não espera nada menos que um espetáculo lindo e, claro, regado à muita música.

Afinal, a primeira memória que nos vem a cabeça quando pensamos na relação entre música e Olimpíadas é a das aberturas, sempre lacradoras! Quem não se lembra da de Londres, em 2012? O espetáculo dirigido por Danny Boyle, diretor britânico de filmes incríveis como “Trainspotting” e “Quem Quer Ser Um Milionário”, contou com a presença de clássicos do rock que foram desde The Beatles, Pink Floyd, Rolling Stones, The Who e The Kinks, passando pelo eletrônico da década de 1980 com New Order, Pet Shop Boys e Eurythmics até chegar aos anos 2000 com bandas que nós amamos como Muse e Arctic Monkeys, que interpretou “Come Together”, dos Beatles. <3

AM

Passada a abertura, chega a vez da música experimental e clássica brilhar nas apresentações dos atletas da ginástica artística e nado sincronizado. Mas nem sempre é assim! Nós preparamos uma lista especial com alguns atletas que escolheram músicas fora do comum nos últimos anos. Vem conferir:

1. Natalia Ishchenko e Svetlana Romashina (nado sincronizado)

Os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, foram os primeiros depois da morte de Michael Jackson, em 2009. Sobrou para as russas Natalia Ishchenko e Svetlana Romashina prestarem homenagem ao Rei do Pop. Vestidas com maiôs com a figura do cantor estampada e embaladas por “They Don’t Care About Us” como tema, elas arrasaram na apresentação e, inclusive, ganharam a medalha de ouro na categoria. E não foi pra menos, a apresentação da dupla do nado sincronizado foi linda demais. 🙂

2. Sandra Izbasa (ginástica artística)

Também nas Olimpíadas de 2012, porém na ginástica artística, teve música ~diferentona~. A romena Sandra Izbasa usou a linda “Shine On Your Crazy Diamond”, do Pink Floyd, como tema para sua apresentação solo. A ginasta, que era forte concorrente à medalha de ouro, acabou errando a última passada da apresentação e caindo, o que acabou colocando ela em oitavo e último lugar da prova. Será que ela viajou demais no som do Pink Floyd? 🙁

 3. Equipe de nado sincronizado da Espanha

É difícil encontrar um fã de rock que não tenha ouvido milhares de vezes “Stairway To Heaven”, do Led Zeppelin. A música de 8 minutos é a mais pedida das rádios dos Estados Unidos até hoje e, com certeza, a mais comercial da banda (embora não tenha nada de chiclete). Mas mesmo que você já tenha dado play várias vezes nesse som lindo, ainda vai se surpreender quando soarem as primeiras notas do clássico do rock na apresentação impecável da equipe de nado sincronizado da Espanha.

Vai dizer que não parece que a música foi feita especialmente pra isso? 🙂

 4. Equipe de nado sincronizado da Austrália

É difícil não associar o AC/DC à Austrália. A banda de Melbourne é super patriota. E tem época mais nacionalista do que os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo? Em 2012, nas Olimpíadas de Londres, a equipe de nado sincronizado australiana prestou homenagem à banda de rock com um medley das músicas “Thunderstruck” and “Back in Black”, que são BEM mais pesadas do que a “Stairway To Heaven”, do Led Zeppelin, por exemplo. Por essa, ninguém esperava…

5. Natalia Gaudio (ginástica rítmica)

A capixaba Natalia Gaudio é uma das representantes da ginástica rítmica brasileira nas Olimpíadas desse ano. Em 2015, a ginasta conquistou o direito de representar o país com uma apresentação embalada pelo samba. Mas para 2016, ela queria algo diferente. Natalia vai se apresentar no arco ao som de NADA MAIS, NADA MENOS que a bombástica “Smells Like Teen Spirit”, do Nirvana. Mas essa ainda não tem vídeo, só nas Olimpíadas pra ver. Enquanto isso, dá pra aquecer dando uma olhadinha nas apresentações anteriores da atleta. 😉

SPOILER ALERT: além do arco, que Natália vai ir de rock, ela ainda vai contar com música do Oswaldo Montegro no Bandolim, samba puxado pela bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel na fita e a música do filme Drácula nas maças.

Drácula GIF

E aí, se lembra de mais alguma música que marcou as Olimpíadas? Conta pra gente! 🙂

Comentários estão fechados.