Seu maior trauma de infância foi descobrir que o Papai Noel não existe? Então prepare seu coraçãozinho para este post, tá?

As teorias da conspiração estão por toda a parte (a gente até já falou disso antes, lembra? http://blog.youcom.com.br/cultura/8-teorias-conspiratorias-que-vao-fazer-voce-perder-o-sono/), e é claro que a época mais tumultuada, feliz e comercial delas não poderia ser poupada.
Agora, vai ser mais fácil levar essas histórias em consideração sabendo já da inexistência do bom velhinho, ou isso vai dar mais treta pra sua cabeça?
Aqui, a lista das teorias mais loucas/ repetidas/ insanas/ engraçadas do Natal. Olha que não é uma lista de explicações, hein? São teorias.

1. Natal é na verdade uma celebração xamânica ligada a chás alucinógenos
Há quem diga que o Natal é bem anterior ao nascimento do menino Jesus. Ele vem de rituais xamânicos mantidos por povos tribais da Europa setentrional para celebrar o solstício de inverno – aquele que marca a noite mais longa do ano; depois disso, os dias passam a ser mais longos do que a noite. Significa uma celebração para a entrada em um novo ciclo. Nessas celebrações, eles tomavam chá de cogumelo, alucinavam e viam renas voando nos céus. As meias eram penduradas próximas ao fogo para secar o fungo, que era distribuído então como presente à comunidade. Outras coisinhas do Natal (luzinhas, pinheirinhos, bolinhas, trenó) eram frutos dessas alucinações.

via GIPHY

2. O Papai Noel não é o Sr. Nicolau, mas o deus Posêidon
Posêidon, o rei dos mares, era visto cavalgando os céus, distribuindo graças e presentes aos que precisavam. Era um bom velhinho. Sua imagem foi aplicada à figura de São Nicolau pela igreja católica, que o transformou em um santo que distribuía presentes por aí. :O

via GIPHY

3. Os EUA estão em guerra contra o Natal
Iniciada em 2003, um complô para matar o espírito natalino foi criado nos EUA. As escolas proibiram as crianças de usar verde e vermelho; os atendentes das lojas não podiam mais desejar “Merry Christmas”, apenas “Happy Holidays”, e uma lei teria sido criada para tornar as felicitações da época crime por parte de funcionários públicos e trabalhadores do comércio.

via GIPHY

4. O Papai Noel é, na verdade, o diabo
Ele veste as cores do demo, tem poderes sobrenaturais e pode voar. Usa brinquedos para se aproximar das criancinhas e, em inglês, Santa (o nome do papai Noel), é só um outro jeito de arranjar as letras de Satan.

via GIPHY

5. Simon Cowell está usando o programa X Factor para acabar com o Natal
As famosas canções natalinas que soam por todos os lados nesta época do ano (alguma brasileira vem a sua cabeça?!), na Inglaterra, tiveram seus dias contados pelo príncipe das trevas da televisão de realidade, Simon Cowell. Segundo teóricos da conspiração, Cowell arranjaria o programa de tal forma a lançar os prinipais singles – as baladinhas pop – no final do ano para descambar Jingle Bells da parada e ser o dono das canções mais vendidas.

via GIPHY

 

E você, que andou ouvindo por aí?

Comentários estão fechados.