Dia das Mães é dia de celebrar amor, mas também é dia de contar mil histórias com as nossas mamains pra todo mundo. A gente convidou os nossos #youcomlovers pra compartilharem no Insta Stories com a gente alguma situação em que #OJogoVirou, ou seja, momentos em que eles encarnaram suas mães e ensinaram alguma coisa pra elas, seja dando alguma dica de moda ou ensinando a mexer no celular. A partir disso, nada mais justo que vocês lerem alguma dessas histórias maravilhosas. A gente tem certeza que vai rolar alguma identificação.


“Quando eu era criança, amava ficar experimentando as roupas da minha mãe. Quando adolescente, comecei a pegar emprestado (normalmente sem pedir). Adorava me sentir mais velha, e era apaixonada pelas roupas dela. Sempre a achei uma mulher muito elegante e bonita. Ela adora estar sempre de roupa nova, porém nos últimos tempos não tem tido vontaaade de fazer compras. Por isso, agora quem ~rouba~ as minhas roupas é ela. Vira e mexe ela entra no meu quarto, para na frente do roupeiro e me pergunta: “Que look seu eu posso usar hoje? Monta pra mim!” E eu adoro! #OJogoVirou”

“Logo que surgiram os computadores, minha mãe era a louca da tecnologia. Lembro dela me ensinando a mexer na grande caixa branca que agora habitava a minha escrivaninha. Era paciente e esperta. Depois de uns 10 anos quando tudo já estava muito mais avançado, ela cansou. Não queria mais saber dos milhares de programas e redes sociais que surgiram. Foi aí que ela entrou num detox. Se mudou para o interior com meu pai, enquanto eu fiquei na cidade para fazer a faculdade e seguir carreira. Semana passada fui passar o fim de semana com ela e olha a surpresa: comprou um smartphone e pediu para que eu a ensinasse a usar. Dei todas as dicas e já avisei pra carregar sempre o aparelho, já que agora vamos poder conversar muito mais. #OJogoVirou!”

“Gosto de cuidar da minha mãe como se fosse uma boneca. Quando eu era adolescente ela adorava fazer penteados no meu cabelo e fazer as minhas unhas, adorava me paparicar. Hoje eu sou profissional de beleza e retribuo todo o cuidado que ela sempre teve comigo. Maquio, corto cabelo, ajudo a cuidar da pele, saio para fazer compras, monto os looks. E AMO toda essa troca que temos. Agora, quem cuida dela sou eu. #OJogoVirou”

“Minha mãe me ensinou que o importante é você se olhar no espelho e gostar do que vê. Se os outros não curtirem, julgarem, falarem mal, o problema é deles. Mas ultimamente ela tem se questionado, anda com a auto-estima baixa. Esses dias ela me perguntou se o look dela era legal, porque ela achava que estava parecendo “jovem demais”, se passaria a impressão certa. Foi aí que falei pra ela aquilo que ela sempre me disse: Mãe, o importante é você estar se sentido bem e feliz. Ela chorou, nos abraçamos, e #OJogoVirou.”

“Minha mãe sofre de depressão e crise do pânico e quando eu nasci ela teve depressão pós-parto também. Um dos maiores medos dela sempre foi pegar o metrô e o ônibus, então ela sempre ia caminhando a todos os lugares. Se fosse longe, só de carro. Quando meus pais se divorciaram, ela quase não saía de casa. Depois de muito tempo, ela arrumou um namorado em outra cidade, e sempre que queria vê-lo eu ia com ela de trem até a estação e de ônibus até a casa dele. Ensinei ela a andar de transporte público. Até que um dia eu fui viajar, e a princípio ela não teria como ir. Do nada ela me ligou, dizendo que estava prestes a entrar no trem, que ia perder o medo de vez. Foi emocionante! #OJogoVirou”

Depois de todo esse amor, queremos saber: o que você faz para o jogo virar com a sua mãe? <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *