Quem nunca ouviu falar que agosto era o mês do cachorro louco e sempre pensou que era coisa de lenda urbana? A gente cresce com o maior medo deste mês (sorry, leoninos) e, aparentemente, sem nenhum motivo.

Mas eis que a sabedoria popular não é tão infundada assim, hein.

A gente levantou alguns dos motivos para justificar a definição do oitavo mês do ano e concordou: eita mesinho troncho, hein?!

 

1. Por causa das 1ª e 2ª Guerras Mundiais

Tudo que foi lixo nesta história aconteceu em agosto: o início da Primeira Guerra, em 1914; as bombas de Hiroshima e Nagasaki, em 1945; a chegada de Hitler ao poder como führer, em 1934.

 

2. Por causa do período fértil das cadelas

Sabe quando mulher anda muito tempo junta e acaba se igualando no período menstrual? Pois, as cachorrinhas nem precisam estar juntas pra entrar no cio: basta ser agosto para que o clima favoreça o período fértil. E aí, claro, a cachorrada fica LOOOOUCA (nada a ver, por enquanto, com a galera que nasceu em maio, tá? Fica só no âmbito animal mesmo). AAUUUUUUUUUUUUU

 

3. Por causa da raiva canina

Dizem que os cachorros contraem mais raiva neste mês. Será por causa do item 3, da competição?! A pesquisar…

4. Por causa da crendice popular

Na Argentina acreditava-se que em agosto não podia lavar o cabelo, porque isso atrairia a morte. :O Na África, o dia 24 de agosto é o dia em que o diabo anda solto… Ou seja, cuidado com a água, e muito cuidado com o escuro, pra não tropeçar em nenhum desses aí…

5. Por causa dos casamentos

Pode deixar a data marcada, se você tá com tudo agendado pra dizer o SIM em agosto. É só que tem essa crença portuguesa que diz que “casar em agosto traz desgosto”. Mas isso é coisa de tuga, né, nada a ver com a gente aqui, tá?! <3

 

Viu? Nem precisa ter medo deste mês…

Comentários estão fechados.