Já é quase metade do ano. O bom é que 2015 tem sido bonzinho. Pelo menos quando se fala de uma das nossas maiores paixões: música <3. Não perde essa lista com os 10 discos lançados esse ano que já estão tocando direto nas lojas Youcom:

1. The Magic Whip (Blur)

A gente surta só de esperar os 5 segundos da propaganda do Youtube, agora imagina esperar DOZE ANOS por um álbum novo do Blur. A gente achou que não ia sobreviver pra contar essa história, mas chegamos até aqui e agora vamos falar do disco e se reclamar vai ter dois comentários. Esse foi um retorno de respeito!

Blur

2. What For? (Toro Y Moi)

Estrelinha dourada pro Chaz Bundick que de novo nos surpreendeu. Dessa vez foi lançando um álbum que mistura todos os rolês que ele já passou antes: hip-hop, soul, funk, indie, lo-fi. O que será que ele inventa da próxima vez?

toroymoi

3. Reason (Selah Sue)

Junte Adele + Amy Winehouse + Janis Joplin, acrescente influências do reggae e um sotaque belga e temos a mais nova queridinha da soul music. Selah Sue tem 26 anos, referências incríveis e personalidade própria. O novo lançamento “Reason” é dançante, fofo e perfeito pra embalar o happy-hour. <3

selahsue

 

4. The Great Pretenders (Mini Mansions)

Pra quem não conhece AINDA, o Mini Mansions é o projeto paralelo do Michael Shuman, baixista do Queens Of The Stone Age. Os caras fazem um rock psicodélico dinâmico, intercalando teclado, bateria e baixo pra criar uma sonoridade muito massa. E, de quebra, ainda convidaram o Alex Turner pra cantar em “Vertigo”.

minimansions

5. 1000 Forms Of Fear (Sia)

Até agora, esse disco tá ganhando disparado o título de chiclete do meio ano. Com os super hits “Chandelier”, “Big Girls Cry” e “Elastic Heart” queremos ver quem vai conseguir desbancar 1000 Forms of Fear. Corre que ainda dá tempo!

sia novo

6. Sound & Color (Alabama Shakes)

O pessoal do Alabama Shakes deu a louca e resolveu mudar. Sound & Color define a identidade da banda, que ainda flerta com as décadas de 50, 60 e 70, mas não de forma tão previsível como anteriormente. Dessa vez a banda traz um rock mais dançante que casa perfeito com a voz incrível da vocalista Brittany Howard. Esse é um daqueles discos que vão estar em todas as listas de melhores do ano. Quando foi a última vez que você se emocionou com um disco de rock? Essa é a hora.

alabamashakes

7. Maravilhas da Vida Moderna (Dingo Bells)

Da banda de colégio até “Maravilhas da Vida Moderna” se passaram 10 anos. Esse álbum consegue falar de forma poética e rir ao mesmo tempo de todas as situações que os caras da Dingo Bells passaram. Tretas iguaizinhas as que você passa por ser jovem. Não dá pra deixar de dar play.

dingobells

8. Sometimes I Sit And Think, and Sometimes I Just Sit (Courtney Barnett)

Courtney Barnett, além de ser uma fofa, faz um som bem cool. A australiana virou queridinha da crítica depois de lançar Sometimes I Sit And Think, And Sometimes I Just Sit. O disco é um ponta pé inicial muito bem feito embalado por músicas com letras que falam sobre o dia-a-dia. Essa vai longe 🙂

courtneybarnett

9. Uptown Special (Mark Ronson)

Ama Uptown Funk? Odeia? Se você respondeu sim pra uma das perguntas a dica é a mesma: ouça o disco inteirinho do Mark Ronson. Além da parceria com Bruno Mars, o álbum conta com Kevin Parker (vocalista do Tame Impala), Andrew Wyatt (da banda Miike Snow) e Stevie Wonder (dispensa explicações). E ele ainda dedicou o álbum a Amy Winehouse <3

Mark Ronson

10. Peace Is The Mission (Major Lazer)

Último, mas não menos importante: esse é o disco que vai te fazer sair de casa no final de semana. A gente poderia citar aqui todas as pessoas incríveis que tão nesse disco, mas demoraria um tempão. Então, usa esse tempo pra aumentar o volume e ouvir bem alto 🙂

majorlazer

Corre e escuta a playlist aqui e agora. <3

Comentários estão fechados.