Por mais que se tenha conquistado dinheiro, fama e sucesso no “mundo adulto”, é difícil perder a faísca dos tempos de criança. Ainda mais quando o dinheiro, a fama e o sucesso vieram justamente da realização de um sonho que tende a ser formado na infância ou na adolescência.

Muitos dos astros mais sérios já caíram na tentação de emprestar algum dos seus talentos para séries animadas, seja só pela novidade da experiência ou por legítima afeição aos desenhos. Em homenagem à recém lançada Coleção Bob Esponja da Youcom, separamos sete participações divertidas, desconhecidas ou simplesmente bizarras.

Regras: precisa ter a participação direta, com crédito, do próprio músico. Não contamos participações fictícias ou paródias sem o envolvimento direto do artista parodiado.

1.Simpsons = Todo Mundo

Vamos começar tirando o óbvio do caminho. (Quase) TODO MUNDO já apareceu nos Simpsons. Celebridades de todos os tipos. Da área da música, alguns que já dublaram a si mesmo na versão simpsonizada incluem *respira fundo*

…Ringo Starr, Michael Jackson, Aerosmith, Sting, Spinal Tap, Red Hot Chili Peppers, George Harrison, The Ramones, Cypress Hill, Smashing Pumpkins, Sonic Youth, Johnny Cash, Hank Williams, Jr., U2, Yo La Tengo, Cyndi Lauper, Elton John, The B-52’s, Britney Spears, Kid Rock, Willie Nelson, The Who, N Sync, R.E.M., Elvis Costello, Lenny Kravitz, Mick Jagger, Tom Petty, Keith Richards, Sally Stevens, Little Richard, Blink-182…

Ah, e isso foi só até a décima quarta temporada. De lá para cá, a lista no mínimo triplica. Como exemplo, vamos só deixar o clássico encontro de baterias andarilhas do Bart Simpson com os White Stripes.

2. David Bowie em Bob Esponja Calça Quadrada

Não sabemos exatamente qual processo de raciocínio que levou o David Bowie a fazer um pequeno papel em um especial musical feito para TV do Bob Esponja, mas ficamos felizes que ele tenha aceitado. Ou até se disposto. Não duvidamos de nada.

3. Abertura de BoJack Horseman por Patrick Carney dos Black Keys

A nova série animada original do Netflix, que é basicamente sobre um tipo Charlie Sheen em forma de cavalo, foi composta pelo baterista do Black Keys. Outros músicos que contribuíram para a trilha do desenho foram Grouplove, Lyla Foy, Death Grips e Tegan and Sara.

4. Devo nos Anjinhos

Agora vamos um pouco para o lado mais obscuro. Lembram daquela série sobre as aventuras de bebês falantes, Os Anjinhos, dos anos 90? Com aquela abertura apropriadamente bonitinha?

A música foi escrita pelo Mark Mothersbaugh, co-fundador da banda Devo, o grupo de rock alternativo mais nonsense da história. Lembrando que várias das aventuras dos bebês eram similares a viagens lisérgicas, até que dá para perceber a conexão.

5. Gene Simmons, a série animada (basicamente)

O vocalista e baixista do Kiss não é exatamente conhecido pela sua modéstia e falta de ego. Ficamos surpresos que ele não fez mais de um desenho sobre a vida dele.

Em Meu Pai É Um Roqueiro, o protagonista é o filho do Gen… quer dizer, Rock Zilla, que, de acordo com a série, é o maior astro da história do planeta. Embora não duble nenhum personagem, Simmons é creditado como Produtor Executivo. Provavelmente ele tava ocupado ganhando dinheiro com outras mil coisas para poder marcar sessões de dublagem.

6. Os Thornberrys

Só olhem o clipe abaixo. DUVIDAMOS que adivinhem qual celebridade faz a voz (os grunhidos) do Donny, o menino selvagem.

Resposta:

Flea, do Red Hot Chili Peppers, eleito em 2009 como o segundo melhor baixista de todos os tempos segundo a revista Rolling Stone.

7. Doutor Marilyn Manson em Projeto Clonagem

Afinal, quem melhor para ensinar (e cantar) sobre os perigos da má nutrição para clones de Ghandi, Abraham Lincoln, Joanna D’Arc e Cleópatra do que o próprio Marilyn Manson? Demoraria muito para explicar o contexto, apenas vejam:

https://www.youtube.com/watch?v=8Dc6Gw0ZhyM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *