Já faz tempo que o espaço das mulheres na música não se resume só a voz + violão, divas do pop e backing vocals. Hoje, elas podem fazer o tipo de som que der na telha, mas isso só é possível porque há décadas existem garotas lutando por esse protagonismo. Nos anos 70, por exemplo, o The Runaways (a banda da Joan Jett <3) teve que dar a cara a tapa pra provar que mulheres poderiam sim empunhar instrumentos e ter uma banda de rock tão boa quanto as formadas só por homens.

Poderíamos citar aqui vários exemplos de atitudes femininas que mudaram a história da música, mas o ponto que queremos chegar é que nada está ganho. As mulheres continuam sendo minoria no universo do rock, por exemplo. O que nos deixa super feliz é que tem gente por aí tentando mudar esse cenário. Nesse sentido, 2015 tá se mostrando um ano e tanto pra garotas. E a gente não poderia deixar de compartilhar com vocês quem são as revelações femininas do ano e que já tocam nas lojas Youcom:

 

1. Courtney Barnett

Engana-se quem pensa que essa carinha fofa é sinônimo de pouca atitude. Por trás das feições meigas, existe uma Courtney super corajosa. Afinal, tem que ter faca na bota pra fazer bonito cantando só acompanhada da guitarra, né? E ela faz isso com muita naturalidade. Não é a toa que o disco da garota tá em várias listas de melhores desse ano (até agora).

courtney-barnett

 

2. Waxahatchee

Cabelos coloridos, batom vinho, choker, xadrez, coturno: você já deve ter percebido que a moda dos anos 90 está definitivamente de volta! E a Katie Crutchfield, da Waxahatchee, AMA essa ~vibe~ nostálgica: tanto pra compor (as letras dela falam muito sobre memórias) quanto na sonoridade (bem 90’s). O mais legal é que mesmo com tantas referências, a garota consegue ser autêntica e cheia de atitude.

 waxaheatchee

 

3. Girlpool

A Girlpool não é NADA convencional. A banda formada pelas amigas Harmony Tividad e Cleo Tucker é composta apenas por baixo e guitarra. O que a dupla tem de mais legal é a sincronia, elas exploram muito a voz, e quando estão cantando juntas fazem parecer que tem bem mais gente no palco.

girlpool

 

4. Torres

Mackenzie Scott poderia ser só mais uma entre tantas garotas dessa geração atual do rock, mas não: ela é única. Torres faz um som pouco explorado pelas vocalistas femininas: um meio termo entre um som mais melancólico e as guitarras frenéticas. Super interessante 🙂

torres

 

5. Springtime Carnivore

No final do ano passado, Greta Morgan disponibilizou na internet faixas que ela mesma gravou (tanto os vocais quanto o instrumental). O clima ensolarado e energizante das músicas logo conquistou fãs – e a gente também. Pra quem não sabe, ela já fez parte de dois outros projetos musicais: o The Hush Round e o Gold Motel, mas esse sem sombra de dúvidas é o melhor deles!

springtime-carnivore

 

6. La Luz

Formada em Seatle, a La Luz é uma banda só de garotas que mistura surf music e rock psicodélico. O último disco delas é de 2013, mas esse ano, elas estão soltando singles novos que são incríveis. Você pode acompanhar elas aqui: http://laluzband.tumblr.com/

la-luz

Comentários estão fechados.