A gente sofre só de esperar um vídeo carregar no youtube, agora imagina esperar meses pelo aplicativo que promete revolucionar a forma que a gente ouve música. A boa notícia é que a hora chegou e amanhã ao meio dia o Apple Music chega ao Brasil <3

O super aplicativo tem APENAS todo o catálogo do iTunes, sistema de curadoria personalizado e ainda funciona como rede social pra artistas compartilharem músicas, datas e informações com seus fãs. E não para por aí: os três primeiros meses são grátis.

festa[1]

Eis que a Taylor Swift apareceu armando a maior polêmica em torno do app e de novo deu a cara a bater pra mostrar pra todo mundo que a música DEVE ser valorizada.

Ficamos com muito orgulho da atitude da garota e resolvemos contar um pouco mais sobre esse ~fight~ no post. Além disso, acabamos lembrando de outros 3 momentos em que ela também mostrou que a música está acima de tudo. Se quiser descobrir quando e porque ela armou barraco, continue lendo o post 🙂

1. Taylor x Apple Music

Como a gente contou ali em cima. O Apple Music tem TUDO pra ser um sucesso. O problema é que os caras da Apple não queriam pagar os artistas nos meses de teste do aplicativo. Muita gente ficou ~revolts~ com a situação, mas não abriu a boca. Eis que Taylor falou o que todo mundo queria falar:

“Não pedimos a vocês por iPhones de graça. Por favor não peça para a gente ceder nossas músicas a vocês sem compensação”.

braba[1]

Na carta postada no Tumblr da loirinha, ela também deixa bem claro que vai tirar o “1989” do catálogo do Apple Music como forma de protesto: “Felizmente estou no meu quinto álbum e posso manter a mim, minha banda, equipe e time de empresários com a minha turnê. Isso é sobre o artista ou banda novos que acabaram de lançar seu primeiro single e não serão pagos pelo seu sucesso. Não é sobre mim”.

Resultado: depois do ba-fá-fá que rolou por causa do desabafo da Taylor, a Apple não teve escolha, voltou atrás e vai pagar os artistas desde o momento de teste do aplicativo.

clapclap[1]

 

2. Taylor x Spotify

No ano passado, ela também comprou briga com o Spotify – sistema de streaming mais acessado no mundo inteiro – ao retirar toda a sua discografia do site. Ela explicou que fez isso porque “não concorda com a ideia de que a música não tem valor e deveria ser disponibilizada de graça”.

 

3. Taylor x Youtube

SPOILER ALERT: a Taylor tá sempre de olhos e ouvidos ligados

A garota é SUPER cuidadosa no Youtube. Não existem músicas da hitmaker no site. Só no VEVO dela (canal oficial). Boatos que ela tem uma equipe só pra cuidar disso…

tádeolho[1]

4. Barraco histórico: Taylor Swift x Kanye West

No MTV Video Music Awards de 2009, Taylor mal empunhou o microfone pra agradecer o seu PRIMEIRO prêmio de melhor vídeo feminino quando Kanye West subiu no palco reclamando da escolha do juri: “Estou muito feliz por você, mas Beyoncé tinha um dos melhores vídeos de todos os tempos”. O rapper deixou a menina de 19 anos super constrangida, mas ela não se abalou. E respondeu com mais prêmios nos anos seguintes.

vma[1]
Ainda duvida que ela sabe levantar a bandeira?

 

Comentários estão fechados.