Rolou mais um São Paulo Fashion Week. E, enquanto damos uma olhadinha nas tendências do verão 2015, relembramos momentos de outras edições que nos marcaram, por terem sido do jeito que a gente mais gosta: sem levar a moda tão a sério. Tem até coisa desse ano mesmo que já entrou pra nossa lista. Vem junto.

1.Os vestidos de papel com costura invisível.

Desfile de Jum Nakao, temporada verão 2005.

No final do desfile, todos os vestidos são rasgados na frente do público. Pra ver a mágica acontecer é só ir pro minuto 4 do vídeo.

Saiba mais sobre o trabalho do cara aqui.

2.Bailarinos na passarela.

Desfile de Raquel Davidowicz, temporada de inverno 2014.

Em vez de modelos, Raquel Davidowicz vestiu os bailarinos da São Paulo Companhia de Dança. Pra assistir à performance, dá play. Tá valendo.

3.Desfile no metrô

Abertura do SPFW, temporada inverno 2014.

O desfile que abriu essa edição do evento foi na linha verde do metrô de São Paulo. Foram 40 modelos andando pelas plataformas e tentando um espaço nos vagões.

4.O camarim é aqui mesmo.

Desfile do Fause Haten, temporada verão 2015.

Nessa edição do SPFW, Fause Haten apresentou sua grife FH com uma performance que trouxe o backstage pra passarela. As modelos entraram no palco apenas com roupas de baixo, e foram sendo vestidas e “montadas” ali mesmo, no palco. Pra ver como rolou, vem aqui.

5.Cadê as modelos?

Desfile de Karlla Girotto, temporada verão 2007.

Nesse desfile, as modelos não participaram. Em seus lugares, cabides flutuantes. A apresentação da coleção feminina aconteceu ao ar livre, com ajuda de balões gigantes cheios de gás hélio. Pra dar aquela ajuda, os modelos da coleção masculina “puxavam” as peças de roupas com um fio de nylon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *