São tempos de crise e não tá fácil pra ninguém.

O que não extingue a vontade de ir pra rua e botar a cara no sol, né, mana?

A boa notícia é que também é tempo de ser legal e amistoso. Existe por aí uma indústria que desponta no horizonte da nossa janelinha do avião, e ela se chama “turismo colaborativo”. Já ouviu falar?

Basicamente, uma galera teve a brilhante ideia de que essa coisa de colaboração pode ser intercultural e abriu a possibilidade de você ir pro outro lado do mundo (ou do nosso Braséo) de graça – ou até ganhando uma graninha.

Olha só:

 

1. Jobbatical – Tire um ano de “férias” usando seu talento em um projeto

Você tá pensando em cair fora, mas 1) tem medo de “sair” do mercado de trabalho; ou 2) não tá lá topando um emprego qualquer na área de serviços; ou ainda você tem CERTEZA de que nasceu pra fazer trilha sonora, mas não tá arrumando oportunidade para começar, porque sempre exigem ~experiência~? Para qualquer uma das opções, tente o Jobbatical. Você se inscreve ali para usar os seus talentos no projeto de alguém ou de alguma empresa, e ganha a estada e a alimentação por lá durante o seu “trabalho”.

https://jobbatical.com/intro_

 

2. NightSwapping – Receba alguém e ganhe essas noites de graça depois

Se você gosta de conhecer gente e não tem nenhuma restrição quanto a receber pessoas, você pode entrar pra comunidade do NightSwapping. A plataforma garante um quarto (e não um sofá) pra quem se inscreve e você automaticamente ganha o mesmo número de noites de estada na casa de alguém. Yay!

 http://app.nightswapping.com/en/

 

3. Workaway – Faça um servicinho ou adicione experiência internacional à sua carreira de cantor

Seu negócio é trabalhar em troca de um lugar pra morar por um tempo? Talvez essa seja a opção pra você. O Workaway lista hoteis, fazendas e pessoas que procuram ajuda em seus negócios – dá pra ser recepcionista de grupos turísticos na Suécia ou ajudar na colheita de batatas no sul da França ou ser cantor em algum bar. As horas diárias de trabalho variam, e você vive sem gastar nada, nadinha! 😉

http://www.workaway.info/host-list-europe.html 

 

4. Younderbound – Viaje, escreva sobre o lugar onde você ficou e ganhe uma graninha

Tá, esse não faz você viajar de graça, mas dá uma mãozinha pra recuperar parte da grana investida. Você cria um perfil no Younderbound e escreve ali suas reviews sobre os locais que você conheceu. Quando um usuário utilizar a sua review pra fazer a reserva, você fica com 70% (SETENTA POR CENTO) da transação. É ou não é <3?

https://yonderbound.com/

 

5. Trusted House Sitters – Tome conta da casa de alguém e more lá

Sabe aquelas famílias que tiram folga juntos e precisam deixar a casa, as plantas e os peixes sob o cuidado de alguém? Esse alguém pode ser VOCÊ! No site do Trusted House Sitters, você  pode se inscrever para cuidar do lar de alguém e ficar com a cama de casal só pra você – pelo menos a gente espera que eles liberem o quarto principal. 😛

https://www.trustedhousesitters.com/

 

6. Conservation Volunteers, Hf Holidays e Peace Corps – Seja voluntário

Que tal viajar e ainda ajudar a fazer deste um mundo melhor? Há várias opções – desde ajudar a cuidar de reservas naturais na Austrália e na Nova Zelândia  (http://www.conservationvolunteers.com.au/) quanto ser guia de viagens na Europa (http://www.hfholidays.co.uk/). E, claro, sempre dá pra tentar fazer parte do Peace Corps. 😉 (http://www.peacecorps.gov/)

Comentários estão fechados.