Quem acompanhava as Gilmore Girls (sdds!) vai lembrar que a Rory, a adolescente mais bem lida da televisão norte-americana, tinha livros específicos para cada coisa: biografias pra ler no bus, clássicos pra ler embaixo da árvore, Gore Vidal para ler no almoço…

Não lembra? Vem refrescar a memória com a gente:

Que grande ideia, hein? Rory S2!

Mas claro que, como a gente não tem tempo (nem mochila de escola, néam…) pra carregar tanto livro por aí, vamos deixar os nossos em casa. Porém, brilhantemente catalogados conforme cada cômodo da casa.

Que que achou?

 

1. Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século para o quarto

Pra quem gosta de pegar o livrinho pra ler antes de dormir e, de repente, se sente tão focado na história que não consegue mais dormir, a saída perfeita é ler contos. Histórias curtinhas que dá pra terminar antes do primeiro sono. Porque, né.

1

Outras opçõesSono, de Haruki Murakami; Sonho de Uma Noite de Verão, de William Shakespeare; Na Cama com Danuza, de Danuza Leão; O Poderoso Chefão, de Mario Puzo

 

2. O Guia dos Curiosos para o banheiro

O momento mais propício para o aprendizado. (Vide demais opções)

2

Outras opçõesQuem Mexeu no Meu Queijo, de Spencer Johnson; Perfume, de Patrick Suskind; A Insustentável Leveza do Ser, de Milan Kundera

 

3. O Clube dos Anjos – Gula (Coleção Plenos Pecados) pra cozinha

Pra não morrer pela boca e ainda dar umas risadas durante o café. Tudo isso enquanto aprende os nomes de uns pratos que deixariam Jamie orgulhoso.

3

Outras opçõesComida Caseira, de Jamie Oliver

 

4. Crime e Castigona mesa de centro da sala

Ou qualquer coisa que diga “clássico russo”. Tudo isso significa: ou muita seriedade, ou vai ter vodka (oops, demais?!).

4

Outras opções:  Grandes Destinos, da Lonely Planet; Na Sala com Danuza, de Danuza Leão; A Piada Infinita, de David Foster Wallace

 

5. O Senhor das Moscaspra varanda

Um livrinho para curtir o mundo lá fora. Um clássico, acima de tudo.

5

Outras opçõesArdil-22, de Joseph Heller; Diário de Queda, de Michel Laub; (O Continente, vol.2) O Tempo e o Vento, de Erico Veríssimo.

Comentários estão fechados.