Público Coachella 2014. Foto: NPR http://www.npr.org/blogs/allsongs/2014/04/15/302699707/coachella-2014-in-photos

Público Coachella 2014. Foto: NPR

Show do Arcade Fire Coachella 2014. Foto: LA Times http://www.latimes.com/entertainment/music/posts/la-et-0411-coachella-2014-faces-pictures,0,6332891.photogallery?index=la-et-0411-coachella-2014-faces-pictures-037

Show do Arcade Fire Coachella 2014. Foto: LA Times

Público Coachella 2014. Foto: Style.com http://www.style.com/trendsshopping/streetstyle/041414_Coachella_Street_Style_2014/#!street-style/slideshow/go/5

Público Coachella 2014. Foto: Style.com

O que essas fotos do Coachella 2014 tem a ver com tribos remanescentes?

Um pouco.

Elas carregam uma referência que vem de mais de 40 mil anos: a pintura no rosto e no corpo. Tá curioso? Vem conhecer povos antigos que faziam isso antes mesmo de existir tinta em pote ou festival de música.

1.Woodabe

Via http://www.bbc.co.uk/nature/humanplanetexplorer/events_and_festivals/gerewol#

Via: BBC

Um concurso de beleza masculina. É isso que acontece em uma celebração da tribo Woodabe, um grupo de nômades podem ser encontrados em Níger Oriental. Durante o festival tradicional Gerewol, rola uma competição de pinturas e danças masculinas, na qual as mulheres são as juradas.

2.Huli

Calcula-se que a tribo Huli existe há 45 mil anos em Papua Nova Guiné. Pra intimidar os inimigos, eles viraram especialistas em pinturas e penteados. Ou seja: exatamente como muitas meninas até hoje.

3.Aborígenes australianas

Descendentes de povos africanos, os aborígenes vivem há 40 mil anos na Austrália. Os caras não são muito de brigar por aí e declarar guerra a povos vizinhos, então, a pintura sempre teve outro sentido pra eles: comunicação.

4.Karo

A galera das tribos de Karo é considerada mestre das pinturas. Eles ficam no sul do Vale do Omo, na Etiópia. Todo mundo lá é louco por padrões e repetições de elementos. Você já deve ter visto algo parecido em qualquer balada hipster.

5.Kadiwéu

RITUAL INDIGENA

Vivendo no Mato Grosso do sul, os Kadiwéu são considerados os últimos sobreviventes da Nação Guaicuru. Eles mantiveram algumas tradições, como a de pintura corporal, que são cheias de pequenos detalhes. De fazer inveja a qualquer metido-a-hype.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *