Tudo bem, não há uma corrente propriamente dita. Mas a gente até anda pensando em lançar uma. Ou uma campanha. Queremos ver a retrospectiva da Björk por aqui também!

A exposição abriu no MOMA, de Nova York, no dia 8 de março. E, pro deleite dos amantes de moda como a gente, os vestidos mais doidos que a cantora já usou estão por lá. Ao estilo da exposição do Bowie, que rolou por aqui (lembra dela? A gente foi, olha aqui).

Pois dias dentro da retrospectiva, a gente já selecionou os motivos pra fazer reza forte, promessa e o que mais for preciso para ter ela por aqui. Veja se você não concorda:

1. O blazer dos correios

Gente, um blazer de envelope? Dos correios? Da capa do Post (1995)? Ela já anunciava que vinha de outra época, a camaleoa da música alternativa.

Bjork Blazer Correios

2. O vestido de Pagan Poetry

A gente não tem certeza se o coração aguentaria ver esse vestido ao vivo. Foi criado por ninguém menos que Alexander McQueen pro vídeo dirigido por um dos mais visionários fotógrafos da moda, Nick Knight. <3 E essa música…

Bjork

3. O bell dress de Who is it?

Os milhares de sininhos que formam o vestido, criado também pelo McQueen. E na cabeça a tiara que aparece na capa de Medúlla, um dos melhores discos dela.

Bjork 3

4. O vestido de cisne

O que mais deu o que falar… Apareceu no Oscar, em 2001, quando ela concorria por melhor música ao lado de <3 Thom Yorke <3. No tapete vermelho da premiação, ela levou um ovo de avestruz para deixar ao seu lado pras fotos.

Bjork Vestido Cisne

5. Biophilia        

A cara do último álbum dela – aquele em que ela prova, por A mais B, que realmente não é deste mundo. 😮

Bjork 5

Imagina se o kimono do Homogenic aparecesse também? Aí era questão de marcar um protesto pra ver essa expsoição aqui AGORA – ou de se mudar pros States :P.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *